31 de julho de 2015

Esquecimento


Esqueceu-se definitivamente de tudo quando passeava, uma manhã, pelas ruas de Lugo.
Nome, idade, morada, família, amigos, profissão.
O inverso não sucedeu e ainda hoje, passados vinte e seis anos após a sua morte, é recordado com carinho por toda a comunidade.


©Pedro Miguel Rocha

Sem comentários: